Quinta-feira, 19 Outubro 2017
PortuguêsEnglishEspañol
NEWSLETTER
Você está aqui: Turismo e Cultura > Património
Pinheiros

Foi vila e sede de concelho até ao século XIX.
Como concelho, era constituído apenas pela freguesia da sede. Aquando da supressão foi anexo ao também já extinto concelho de Barcos.
De entre um vasto número de interesses culturais saliente-se, da época pré-histórica, as pinturas rupestres do Cabeço das Pombas, actualmente transformado num bonito jardim.
Pinheiros tem no seu cenário cultural uma das mais antigas romarias que todos os anos, em Setembro, tráz a esta aldeia muitos romeiros e festeiros – a Romaria a S. Eufémia.


Outras informações:

Concelho: Tabuaço
Área: 8,21 km²
População: 199 hab. (2001)
Densidade: 24,2 hab./km²
Orago: Santa Eufémia


Igreja Matriz de Pinheiros (Igreja de Santa Eufémia)
Acesso: Pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Pinheiros, sita no Lg. do Adro;
Gauss: M- 243865, P- 459452, CMP, Fl. 138

É possível que já existisse um templo no século VIII em Pinheiros, de qualquer das maneiras, na Idade Média, Igreja de Santa Maria do Sabroso é que servia de sede paroquial de vários lugares como Pinheiros e Carrazedo, função que desempenhou até ao séc. XVIII.

A Igreja de Pinheiros, de invocação a santa Eufémia, só foi construída no séc. XVII. Sofreu melhoramentos e alterações durante os séculos XVII, XVIII, XIX, XX e já no século XXI.
Possui arquitectura religiosa, maneirista e barroca. De facto, estruturalmente, a igreja é de estrutura maneirista, embora tenha sido construída no período barroco, sobre uma capela medieval da qual não existem quaisquer vestígios.


Capela de Nossa Senhora da Conceição
Acesso: Pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Pinheiros, sita no Lug. de Carrazedo, no sítio da Torrinha, frente ao portal da Qt.ª da Moita;
Gauss: M- 244118, P- 457359, CMP, Fl. 138

Época de Construção: Séc. XVII com arquitectura religiosa maneirista. Trata-se de uma Capela de estrutura muito simples, onde cruzes do Calvário se adossam à fachada principal.


Capela de Santa Bárbara
Acesso: Em Pinheiros, por caminho florestal para N., no Lug. de Santa Bárbara;
Gauss: M- 243810, P- 459737, CMP, Fl. 138

A época de construção situa-se no séc. XVII, sendo a arquitectura caracteristicamente religiosa, vernácula. Trata-se de uma capela muito simples, destacando-se particularmente o altar em forma de urna, decorada com elementos geométricos e cálice em reserva central.


Capela do Senhor do Calvário e Cruzes da Via Sacra
Acesso: Pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Pinheiros, à beira da EM, antes da povoação de Carrazedo (Capela); as cruzes encontram-se espalhadas pelas principais vias da povoação;
Gauss: M- 243660, P- 457595, CMP, Fl. 138

Foi construída no séc. XVII, altura da execução da imagem do senhor do Calvário. A arquitectura é tipicamente religiosa, vernácula e neoclássica. O Calvário e os Passos da Via-sacra são de construção seiscentista e setecentista.


Igreja Paroquial de Carrazedo (Igreja de São Salvador do Mundo)

Acesso: Pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Pinheiros, sita no Lug. de Carrazedo, no Lg. do Adro
Gauss: M- 243958, P- 457283, CMP, Fl. 138

É um templo tipicamente maneirista e barroco, de invocação a São salvador do Mundo, construído no séc. XVII. Veio, no entanto,m a sofrer alterações sucessivas no decorre dos séculos XVIII, XIX e XX.