Sexta-feira, 15 Dezembro 2017
PortuguêsEnglishEspañol
NEWSLETTER
Você está aqui: Turismo e Cultura > Património
Granjinha

É uma terra pequena mas cheia de História. Falar na Granjinha remete-nos, quase automaticamente, para a Igreja de S. Pedro das Águias, construída, segundo a tradição oral, no séc. X pelos irmãos D. Tedon e D. Rausendo. No séc. XII aparece referenciada como pertença da Ordem de Cister.
A principal característica deste edifício, é ter a fachada principal a cerca de 1m distante de uma majestosa escarpa rochosa e uma ornamentação figurativa  e simbólica com uma elaborada combinação de motivos geométricos, fitomórficos, zoomórficos e antropomórficos, a que se junta um Agnus Dei e uma Croix Nouée.


Outras informações:

Concelho: Tabuaço
Área: 2,48 km²
População: 52 hab. (2001)
Densidade: 21,0 hab./km²
Orago: Santo Amaro


Igreja Matriz de Granjinha (Igreja de Santo Amaro)
Acesso: De Tabuaço, pela EN 323, até Granjinha, e à esquerda, pela 516, até ao centro da povoação
Gauss: M- 251.600, P- 455.775, CMP, Fl. 139

Podemos apontar a época de construção no séc. XVII, com alterações no séc. XIX e XX.
É um templo com arquitectura religiosa, vernácula, maneirista e barroca.


Igreja de São Pedro das Águias
Acesso: Ramal sinalizado na EN. 323 Km 50 para EM 516, a 1 Km para CM 1116 a 1,5 Km na povoação de Granjinha

Este ermitério, de pequenas dimensões,  foi construído no séc. XII, com uma arquitectura caracteristicamente românica.
Curiosamente, a fachada principal situa-se a um metro de uma rochosa escarpa.