Domingo, 30 Abril 2017
PortuguêsEnglishEspañol
NEWSLETTER
Você está aqui: Turismo e Cultura > Património
Granja do Tedo

A fundação da povoação de Granja do Tedo encontra-se envolta em lendas que se cruzam com factos históricos, sendo difícil distinguir a realidade.

É uma freguesia rica em História e património cultural. Os vestígios arqueológicos remetem-nos para o período romano. É o caso da estrada romana que liga esta freguesia a Longa e a Leomil e das pontes que atravessam o Rio Tedo e o Tedinho.

Facto curioso, que ainda hoje a população evita lembrar, é o fenómeno da Arca da Aliança, uma seita religiosa que Maria Coroada estabeleceu no local na segunda metade do séc. XIX e que deu origem ao chamado Cisma da Granja do Tedo.


Outras informações:
Concelho: Tabuaço
Área: 4,67 km²
População: 227 hab. (2001)
Densidade: 48,6 hab./km²
Orago: São Faustino e São Jovita


Igreja Matriz de Granja do Tedo


Igreja de São Faustino e São Jovita
Acesso: Lug. de Baixo, no Lg. da Igreja

A época de construção deste templo, caracteristicamente maneirista e barroco, situa-se no séc. XVII, sofrendo alterações durante os séculos XVIII, XIX e XX.
O interior da igreja demonstra um excelente efeito cenográfico provocado pela conjugação de elementos maneiristas, barrocos e rococós, que o tornam primordial como exemplo de estudo da evolução do barroco nesta região.


Capela das Chagas de São Francisco
Acesso: Partindo de Tabuaço, pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Carrazedo; pela EM 520 até Granja do Tedo, Lug. de Cima, sita no Lugar da Praça.

Foi construída no Séc. XVII por vontade do Padre Afonso Pires.

O monumento, de arquitectura religiosa maneirista, está incluído na Zona de Protecção do Pelourinho da Granja do Tedo, estando rodeada de diversos edifícios quinhentistas, seiscentistas e setecentistas, nomeadamente os antigos Casa da Câmara e Tribunal de Granja do Tedo.


Capela de Nossa Senhora do Socorro
Acesso: Partindo de Tabuaço, pela EN 226-2 até Barcos; daqui, pela EM 514 até Carrazedo; pela EM 520 até Granja do Tedo, Lugar de Cima, sita no Lugar do Rossio.

Foi mandada erigir pelo Abade de São Cosmado, José Francisco, que, aliás, nela viria a ser enterrado.
A sua construção aponta para Março de 1610, se atendermos na inscrição epigráfica sobre um degrau de pedra junto ao altar-mor. Há referências bibliográficas da existência, junto a esta capela, de um convento feminino e um hospício para os frades doentes do Convento de São Pedro das Águias.

A tradição popular oral diz que ao redor da sepultura do virtuoso padre José Francisco nasciam flores e que assim foi durante mais de cem anos, até que, na mesma sepultura, foi enterrado um religioso de Salzedas. As flores nunca mais nasceram…


Ponte do Rio Tedo

Acesso: EN 226-2 até Barcos. Daqui pela EM 514 até Carrazedo. Pela EM 520, até Granja do Tedo ao fundo da Povoação.

Foi construída na Idade Média, na era Romana, e encontra-se numa zona de interesse paisagístico. A tipologia aponta para uma arquitectura civil romana, de arco centralizado, sem talhamares, com tabuleiro em ângulo pouco pronunciado. Como características particulares refira-se a configuração atípica do arco.